Infraestrutura da rede de telelecomunicações já está contratada


Brasil

Mais uma matéria, veiculada no site da Telebrás, pode provocar uma reflexão dos empresários e profissionais de internet. Veja:

Infraestrutura da rede de telelecomunicações já está contratada

“08 de dezembro de 2010

Municípios serão parceiros do Programa Nacional de Banda Larga
Começa mapeamento de prefeituras interessadas em firmar parceria com a Telebrás

As prefeituras interessadas em fazer parceria com a Telebrás na implementação do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) já podem encaminhar suas informações para o formulário disponível em http://www.telebras.com.br/prefeituras2.html.

A iniciativa atenderá tanto aqueles municípios que já dispõe de uma rede de fibras ópticas e têm interesse de interligá-la com a rede nacional de telecomunicações, que está sendo construída pela Telebrás, bem como aqueles que não dispõe de infraestrutura e que podem contratar a empresa para a sua implementação.

O documento foi assinado pelo presidente da Telebrás, Rogério Santanna, e pelo diretor-presidente da Informática de Municípios Associados (IMA), Pedro Jaime Ziller. A IMA é uma empresa de economia mista que tem a Prefeitura de Campinas como a sua principal acionista.

O acordo permitirá compartilhar a rede nacional de telecomunicações com a infraestrutura de fibras já construída pela IMA em sua região de atuação. Campinas está na lista das 100 primeiras cidades que serão contempladas pelo Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) e que foram divulgadas em agosto deste ano pelo Governo Federal.

Santanna disse que este é o primeiro esforço de integração com redes municipais e que a Telebrás poderá ser parceira de outras entidades também interessadas em compartilhar suas infraestruturas. Informou, ainda, que já existem tratativas neste sentido com estados como o Ceará, Espírito Santo e com a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (Abep).

A conexão com banda larga rápida e barata a mais de 138 mil pontos de governo até 2014 em todo o país é uma das metas do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) que, neste prazo, pretende chegar a 4.283 municípios brasileiros. A população beneficiária é de 162,8 milhões de pessoas.”

Abordamos o assunto “provedores” no artigo: Telebrás mapeia provedores para parceria no PNBL

Mas, complementando a chamada às prefeituras, segue:

Prefeituras – Formulário PNBL – Download

“Primeiramente faça o download do Formulário de Informações para PNBL.

 Faça o download do formulário aqui

Faça o download e preencha todos os dados pedidos no formulário corretamente, após preenche-lo você deverá reencaminhá-lo de volta para a Telebrás, clique abaixo para enviar um e-mail com o formulário em anexo, se preferir envie o formulário por qualquer conta de e-mail, anexando o formulário.

 Clique aqui para enviar o e-mail para prefeituras@telebras.com.br”

Conclusões

Podemos tirar algumas conclusões importantes dessas matérias, e cabe a cada um desenvolver sua estratégia.

  • A adesão de provedores e prefeituras, certamente irá gerar novas oportunidades de negócios, tanto em suporte aos usuários finais, bem como, a própria implantação dessa infraestrutura.
  • Existirá um grande multiplicador nas ações do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga) por conta da adesão de novas redes de fibra proveniente de algumas prefeituras, que somarão as já incluídas no plano.
  • Criação de novos PTTs (Pontos de Troca de Tráfego)
  • Necessidade de mão de obra especializada, que faltará da mesma forma que acontece em outros setores em expansão dentro da economia brasileira.
  • E tudo isso até 2014!

Fica para reflexão.

Comente